close
A Galeria Municipal do Porto apresenta um programa regular de exposições e eventos dedicados à arte contemporânea, desenvolvendo projetos também nos domínios do design e da arquitetura. Com a missão de apresentar exposições que promovam uma reflexão sobre as tendências artísticas e discursivas da prática contemporânea, a Galeria Municipal do Porto promove debate, investigação e disseminação de ideias em torno das artes.
Desde que reiniciou a sua atividade em 2014, a Galeria Municipal do Porto tem colaborado com parceiros nacionais e internacionais na programação e comissariado de exposições, performances e debates, estimulando envolvimento a longo prazo através do seu projeto educativo e publicações.
A Galeria Municipal do Porto é um espaço com entrada livre e conta com a Fundação EDP como mecenas principal.
Equipa

Presidente e Responsável pela Cultura
Rui Moreira

Direção Artística
Guilherme Blanc

Direção Executiva
Sílvia Fernandes

Curadora Assistente
Sofia Lemos

Coordenação de Produção
Patrícia Vaz

Apoio à Curadoria
Rita Roque

Coordenação Editorial

Lídia Queirós
 
Serviço Educativo
Graça Lacerda, Rita Roque

Equipa de Montagem
Isidro Caldeira, Joaquim Tavares, Octávio Vieira, Paulo Coelho, Paulo Vieira

Técnicos de Audiovisual
Guilherme Dantas, Luís Neves
 
Apoio à produção
Joana Simons, Joaquim Aguiar, Maria dos Anjos Cerdeira
 
Direção Municipal de Cultura e Ciência
 
Diretora Municipal
Mónica Guerreiro
 
Diretora de Departamento
Sofia Alves
 
Serviços administrativos
Eduarda Paiva, Nina Machado

  • mecenas:

  • organização:

  • Fundação Edp
  • Porto.
close
Rua D. Manuel II
(Jardins do Palácio de Cristal)
4050-346 Porto
 
+351 226 081 063
galeriamunicipal@cm-porto.pt
fb.me/galeriamunicipaldoporto

Terça - Sábado
10h00-18h00

Domingo
14h00-18h00
 
Encerrado à segunda-feira e feriados
Entrada livre

08.12.2018 - 17.02.2019

TRANSANTIQUITY

Transantiquity propõe um espaço de indagação sobre a forma como o legado da Antiguidade se manifesta na reflexão sobre o tempo contemporâneo. A exposição incide sobre a relação entre paradigmas culturais, políticos e filosóficos da Antiguidade e a obra de um conjunto de artistas cuja prática explora ideias de construção de identidades políticas, pessoais e naturais, em diversos territórios.
A ideia de que a Antiguidade pode constituir um património estático ou um repositório simbólico de princípios éticos e estéticos é hoje contrariada pela forma como é interpretada pelo discurso contemporâneo para nos confrontar com a nossa condição atual e pensarmos os caminhos de amanhã. Olhar e refletir sobre o passado como forma de pensar a fragilidade de um projeto político europeu que edifica a sua identidade sobre os mitos e princípios fundadores da cultura greco-romana.
Simultaneamente, a exposição questiona esses mesmos cânones ocidentais, propondo pensar a Antiguidade num mundo global em que se torna indispensável considerar outros discursos, filosofias e crenças.
Declinando-se num projeto que, por um lado, questiona a linearidade do Tempo enquanto veículo de construção de conhecimento e que, por outro, sugere uma leitura aberta e problematizadora de um desejo cíclico e transitório do “clássico”, Transantiquity perscruta o futuro possível a partir da interpretação (e reinvenção) das ruínas do nosso tempo e do tempo dos outros.
Curadoria:
Filipa Oliveira
Guilherme Blanc

Artistas:
Ana Mendieta, Ana Vieira, Basim Magdy, Benoît Maire, Clemens Von Wedemeyer, Derek Jarman, Dineo Seshee Bopape, Fernando Lanhas, Francisco Tropa, Gabriele de Santis, Grayson Perry, Guan Xiao, Haris Epaminonda, Jeronimo Voss, Joana Escoval, Mariana Castillo Deball, Mary Reid Kelley e Patrick Kelley, Núria Güell, Pablo Bronstein e Vasco Araújo
  • Programa a anunciar em fevereiro